Read in English. | Leer en español.

O Pulitzer Center está buscando um Coordenador de Mobilização para dar suporte ao alcance e à eficácia dos nossos programas internacionais de clima e floresta tropical. Como parte da equipe de educação e mobilização, a pessoa contratada trabalhará para conectar as duas principais iniciativas do Pulitzer Center nas regiões de floresta tropical: O Rainforest Journalism Fund (RJF) e Rainforest Investigations Networks (RIN). Ambas iniciativas apoiam jornalistas a produzir conteúdo de qualidade sobre crimes ambientais, ameaças enfrentadas pelos povos indígenas e investigações das cadeias de abastecimento, entre outros temas importantes pouco noticiados.

O Pulitzer Center é uma organização sem fins lucrativos que apoia o jornalismo independente e de qualidade no mundo todo, com uma ambiciosa rede de jornalismo e de parcerias educacionais. Nós apoiamos mais de 150 projetos de reportagem por ano, em parceria com dezenas de veículos de comunicação do mundo todo. Também apoiamos o engajamento de novas audiências com os temas das reportagens por meio de colaborações com organizações sem fins lucrativos, parceiros de mobilização e divulgação, centenas de escolas do ensino fundamental e médio e de uma rede de mais de 35 universidades, faculdades comunitárias e faculdades e universidades historicamente negras, principalmente nos Estados Unidos. Essa nova posição buscará expandir internacionalmente nossa rede de parceiros de mobilização, com foco específico na região amazônica.

O/A Coordenador(a) de Mobilização será encarregado/a de desenvolver relacionamentos sustentáveis com instituições culturais, sociais e de mídia na região. O objetivo é alavancar as reportagens do RIN e do RJF para atingir públicos novos e estratégicos, principalmente em países que compartilham a bacia amazônica. A pessoa selecionada ajudará a implementar programas de mobilização eficazes e culturalmente apropriados, inspirados no modelo do Pulitzer Center e ajudará a garantir um amplo impacto, além da publicação/divulgação inicial, estendendo o alcance de projetos de jornalismo climático e de floresta tropical, colocando-os em outros fóruns públicos e criando formas inovadoras de ampliar boas reportagens e obter uma maior adesão da audiência que buscamos atingir. Os programas e as atividades podem incluir:

  • Desenvolvimento de parcerias com organizações de comunicação, civil e de mídia para levar o conteúdo sobre jornalismo climático e de floresta tropical a novos fóruns e discussões
  • Planejar e organizar eventos sociais e culturais com diferentes partes interessadas na área de comunicação e meio ambiente para promover projetos jornalísticos apoiados pelo Pulitzer Center
  • Criar, operacionalizar e promover a manutenção de uma rede de parceiros, coordenando eventos e projetos para construir relações duradouras, conectando-os e facilitando suas colaborações com os programas sobre floresta tropical do Pulitzer Center
  • Criar e conduzir o treinamento de capacitação em jornalismo ambiental de estudantes de jornalismo e jornalistas e de veículos de mídia locais
  • Estabelecer e coordenar uma rede de aliados, artistas e influenciadores, conectando-os às histórias e aos jornalistas do Pulitzer Center
  • Preparar e apoiar iniciativas de comunicação criativa digital e presencial, estratégias de mídia e planos para promover a importância da proteção das florestas tropicais.
  • Coordenar a administração do programa regional: criando e mantendo registros de contatos de mobilização e programas, coordenando pagamentos de consultores e parceiros de divulgação e servindo como o primeiro ponto de contato para o e-mail de mobilização regional
  • Contribuir para a avaliação do programa: coordenando a pesquisa de impacto com os parceiros de mobilização
  • Aplicar uma lente de Diversidade, Equidade e Inclusão em todo o desenvolvimento e implementação de estratégias

A pessoa ideal deve ser focada em detalhes, ter fortes habilidades de comunicação e de coordenação. Ser apaixonada por nossa missão de cultivar um público mais curioso, informado, empático e engajado, conectando públicos-chave e estratégicos às notícias globais pouco noticiadas e aos jornalistas responsáveis por cobri-las.

Qualificações necessárias

  • Forte habilidade de organização, comunicação e coordenação de programas
  • Familiaridade em estabelecer parcerias com organizações de comunicação, civil e de mídia
  • Experiência em produção, organização e facilitação de eventos sociais e culturais para diferentes públicos presencial e online no Zoom e em outras plataformas de webinar
  • Rede profissional estabelecida na região
  • Algum conhecimento sobre os atores envolvidos nas questões de desmatamento e em mudanças climáticas na região, como instituições científicas, ambientais, sociais, jurídicas, políticas e comerciais. 
  • Compromisso com a diversidade, a equidade e a inclusão (leia mais sobre como o Pulitzer Center define esses termos aqui)

Qualificações desejáveis

  • Experiência em apoiar monitoramento e avaliação de programas
  • Experiência com influenciadores e comunicações estratégicas criativas
  • Experiência profissional de pelo menos 5 a 10 anos
  • Proficiência em inglês oral e escrito
  • Fluência em português e espanhol
  • Paixão pela criação de redes, construção de comunidades e pela missão do Pulitzer Center
  • Ter experiência de trabalho em relações públicas, marketing e iniciativas de produção cultural que se cruzam com comunicação e jornalismo é uma vantagem

Salário e benefícios

Esse cargo exigirá um comprometimento de, em média, 20 a 30 horas semanais, com oscilações dependendo do estágio da iniciativa. A compensação será proporcional ao tempo necessário e experiência pertinentes.

Localização

Localização remota / flexível.

Como se candidatar

Inscreva-se antes da meia-noite de quarta-feira (horário ET), 15 de dezembro de 2021, usando este formulário. O formulário pede que você carregue um currículo, forneça uma declaração de interesse (no máximo 500 palavras) e responda a três perguntas curtas relacionadas às suas qualificações para o cargo. O formulário também exige que forneça informações de três referências para contato. As candidaturas serão avaliadas em uma base contínua até o prazo final.

O Pulitzer Center está comprometido em promover um ambiente inclusivo, onde as diferenças individuais entre nós, seja em termos de raça, religião, cor, idade, sexo, nacionalidade, orientação sexual, desafio físico ou estado civil ou familiar, sejam (i) compreendidas, respeitadas e apreciadas, (ii) reconhecidas como uma fonte de força, e (iii) valorizada como qualidades que enriquecem o ambiente em que trabalhamos. Consulte nossa  Declaração sobre Diversidade, Equidade e Inclusão para mais detalhes. Para saber mais sobre o Pulitzer Center, visite pulitzercenter.org.